O que fazer em manaus

O que fazer em Manaus: Aproveitando a capital manauara

Compartilhe

O que fazer em Manaus é pergunta comum quando se chega em uma das mais únicas capitais do país.

Dentre suas atrações, a cidade amazonense chama atenção pelo seu exotismo e sua culinária única.

Com uma rica história, Manaus foi fundada no século XVII para fixar a presença portuguesa na região amazônica, ameaçada por holandeses, franceses e ingleses.

A região, no Tratado de Tordesilhas, era espanhola, porém com a exploração amazônica dos portugueses, a região foi tomada. Saindo da atual belém, acompanharam a bacia amazônica, demarcando a fronteira brasileira.

Em 1669 foi fundado o Forte da Barra de São José, que futuramente seria a cidade de Manaus. O nome vem da tribo indígena local dos Manáos, que habitavam a região até a chegada dos portugueses.

Desde a década de 60, quando foi implantada a Zona Franca de Manaus, gerou uma forte industrialização, que impulsionou a cidade econômica e socialmente.

Com quase 2 milhões de pessoas, Manaus já é a 8ª maior cidade do Brasil!  

 

O que fazer em Manaus?

 

Turismo em Manaus é um destino popular de Cruzeiros, em especial entre Outubro e Abril. Outra atividade popular é conhecer a exótica e complexa biodiversidade amazônica.

Manaus tem como característica única a representação da cultura, culinária e hábitos indígenas e do Norte do Brasil.

Alguns destinos dentro da cidade são mais populares e buscados por estrangeiros! Em vários locais da cidade, dependendo da época do ano, pode-se ouvir inglês,alemão, e outras línguas europeias.

Mas alguns destinos na cidade são ainda mais populares e merecem uma passada, descobrindo o que fazer em Manaus.

Encontro das Águas

Encontro das águas em Manaus
Encontro das águas em Manaus

Turismo em Manaus quase sempre significa conhecer o encontro das águas. Indo de Barco, vão-se até o encontro entre as escuras águas do Rio Negro, se fundindo com a imensa quantidade de água do Rio Solimões.

O passeio mais famoso da cidade corta o Rio Negro de barco, enquanto tantos outros abastecem nos únicos postos de gasolinas flutuantes.

A origem das águas vem da diferença de velocidade, acidez e temperatura. As águas escuras do Rio Negro são mais ácidas, correndo à 2 km/h com temperaturas de 28ºC, o Solimões, com águas barrentas,  corre de 4Km/h a 6Km/h, por todas as diferenças, ele não se misturam, correndo lado a lado por 7 quilômetros!

Culinária Manauara

 

O Turista gastronômico terá maravilhosas opções, além de muito o que fazer em Manaus!

A agora famosa Tapioca, lá tem outro status, muito próximo ao do pão no sudeste, Do x-caboclinho, que é feito com Tapioca ou Pão Francês, queijo coalho e tucumã, uma fruta alaranjada popular no Norte.

Outra opção igualmente exótica e agora popularizada é o Açaí. Nos Estados Unidos e no sudeste, a pequena fruta do Açaizeiro é servida já adoçada, adcionada de diversas coberturas, geralmente Leite em Pó e Leite Condensado.

O Normal na cidade é ser servido como em Belém, com Farinha de Tapioca, Guaraná e Açúcar à gosto. Existem alguns lugares que fazem a versão salgada, com peixe e farinha!

O Tucupi é uma palavra muito comum, e que você irá, sem dúvidas ver bastante no norte. O líquido, de cor e cheiro forte é tradicional do norte do país, feito com o caldo extraído da mandioca durante o processo de fabricação da farinha.Depois é fervido por muitas horas, que engrossa, é misturado com pimentas, misturado em muitas receitas. 

Do Tucupi, é feito o Tacacá, servidos em cuias na cidade. Compostos de tucupi temperado, um pouco de goma de mandioca, folhas de jambu (que amortecem os lábios e a língua) e de camarões secos, o tacacá é muito popular na região.

Além disso, frutas, peixes e até mesmo o Guaraná Real são todas opções gastronômicas obrigatórias na cidade!

Teatro Amazonas

Teatro Amazonas
Teatro Amazonas

Fundado em 1896, o Teatro foi embargado politicamente por diversas vezes, mas durante o ciclo da borracha, a construção foi finalizada. A cidade foi tomada na época por projetos ambiciosos, pretendendo que Manaus fosse a capital do norte do país.

Desde sua inauguração, todo tipo de espetáculo é feito. De Operetas à Óperas, com peças de teatro e cantores famosos se apresentando no local.

Além de Teatro multifunções, o local também é um museu. Com objetos que acompanham as fases dos projetos

Dentre as apresentações que já ocorreram, o compositor Heitor Villa-Lobos, a bailarina Margot Fonteyn, e o Festival Amazonas de Ópera!

Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Mercado Adolpho Lisboa
Mercado Adolpho Lisboa

Ícone da era da borracha, o mercado municipal é patrimônio histórico, devido a sua construção única.

Da mesma época que o Grande Teatro Amazonas e a Igreja Nossa Senhora da Conceição, o Mercado Municipal teve arquitetura inovadora para época.

Sua criação foi devido à uma preocupação, no século XIX, de construções de locais mais higiênicas para a distribuição e comercialização de alimentos. Neste período foram construídos inúmeros mercados públicos nas grandes cidades.

No século XIX, preocupações a respeito das condições higiênicas na comercialização de alimentos, criaram a necessidade da construção de mercados públicos em várias cidades, a exemplo do existente em Manaus, às margens do rio Negro.

Suas duas entradas são essencialmente distintas uma da outra. A fachada da Rua dos Barés é  um colorido edifício. O lado que dá de frente para o Rio Negro é uma estrutura de ferro sustentada por 28 colunas.

O nome do local é dado pelo prefeito de Manaus da época, Adolpho Lisboa, que por ter colocado uma placa, acabou nomeando o mercado.

Hoje, o mercado ainda funciona como uma distribuição e venda de alimentos e artesanato.

Desde sua reabertura em 2013, são encontradas ervas e temperos nativos do estado, além de peixes e artesanato. O site Amazonas é Mais mostra muito sobre o que se vende, além de detalhes da maravilhosa construção!

Não deixe de conhecer um pouco mais sobre uma capital tão linda, e descobrir o que fazer em Manaus.

Se quiser conhecer mais sobre a cidade, várias companhias têm voos diários. Saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e muitos outros!

Outras opções são aqueles que buscam destinos mais calmos e espiritualizados. 

Além disso, a P2P leva você para lá, com até 80% de desconto! Só não esqueça das novas regras de bagagem!