machu picchu

7 razões para conhecer Machu Picchu em 2018

Compartilhe

Machu Picchu é um dos destinos que está na lista dos sonhos de quase todos os apaixonados por viagens. Se o espaço na lista das 7 maravilhas do mundo não é suficiente para te convencer a viajar para lá, confira mais sete motivos para conhecer Machu Picchu.

 

  • A História

Você sabia que a “Cidade Perdida dos Incas”, como também é conhecida Machu Picchu, é patrimônio histórico da humanidade, definido pela UNESCO? Ela leva esse nome por ter sido encontrada só em 1911, séculos após a conquista do Império Inca pelos espanhois.

A cidade, construída em pedras enormes é um dos pontos mais típicos do Império Inca, e foi uma cidade bem planejada, com largas avenidas entre os prédios ligadas por grandes escadarias que são a marca local.

 

  • Escolha a sua Machu Picchu

A cada estação do ano, Machu Picchu é uma nova cidade. Isso porque vários fatores que influenciam na viagem são determinados pelo tempo. Assim, mesmo para aqueles que já conheceram a região, a viagem pode ser completamente nova se feita em outra temporada.

No verão, por exemplo, o tempo chuvoso cria uma neblina densa, que dá um aspecto mais misterioso à Machu Picchu. Além disso, as trilhas ficam mais vazias e sossegadas. Já no inverno, a cidade fica mais movimentada e os dias são quentes e ensolarados, apesar das noites frescas.

 

  • Machu Picchu Pueblo

A chegada pelos trens acontece em Machu Picchu Pueblo (também conhecido como Águas Calientes). Há poucos anos a vila era simples, mas hoje conta com bons hotéis, diversos bares e restaurantes. Os jovens, que enchem o local, animam a vibe do povoado.

 

  • Veja Machu Picchu de vários ângulos

Por ter sido construída em uma região montanhosa, Machu Picchu pode ser observada por várias trilhas que circulam a região. Em altas temporadas o sítio arqueológico fica cheio, mas subindo um pouco as montanhas você pode encontrar lugares calmos com vistas belíssimas.

 

  • A arte local

Uma das riquezas peruanas é o artesanato, que conquista turistas do mundo todo. As cores vivas e as técnicas elaboradas são surpreendentes. As peças são diversas e você pode encontrar uma grande variedade de produtos em todos os cantos, inclusive os famosos ponchos!

 

  • A culinária local

A comida peruana é cheia de pratos deliciosos que você merece saborear. Os pratos locais são diversos: alguns são feitos à base de peixe, outros de queijo e vegetais e até mesmo carne de alpaca! Os sabores apimentados dos pratos principais são equilibrados por deliciosos doces e bebidas.

Além disso, cresce na região uma grande variedade de frutas exóticas, como a chirimoya, que é parecida com uma maçã, a lúcuma, que se assemelha a uma noz, e a tuna, que é a parte cremosa de um cacto!

 

  • Transporte: economia e aventura!

 

Você pode percorrer a pé a Trilha Inca por quatro dias e três noites para chegar até Machu Picchu Pueblo, de onde saem os trens para o sítio arqueológico. A opção mais viável, entretanto, é fazer o trajeto pelos trens que passam por cenários incríveis às margens do rio Urubamba.

Para chegar ao sítio arqueológico são muitas as opções. Há opções mais caras e também ônibus e trens econômicos, que custam em média USD $12 e a viagem dura cerca de 30 minutos.

Mas a economia deve começar antes mesmo de embarcar: pesquise com cautela as melhores oportunidades de hospedagem e passagens aéreas com a P2P, onde sua economia e conforto são garantidos!